top of page
  • tempus

Munícipios do Noroeste lideram ranking de cidades com maior área irrigada do país!

Os pivôs centrais consolidaram-se como o principal sistema de irrigação brasileiro, superando o método de inundação adotado para o cultivo do arroz na Região Sul.


Hoje, as áreas de agricultura irrigada do País correspondem a menos de 20% da área total cultivada e produzem mais de 40% dos alimentos, fibras e cultivos bioenergéticos, números que evidenciam a contribuição desse método para a segurança alimentar.


Além disso, mostram aumento da produtividade por unidade de área e possibilidade de produção fora de época, o que contribui para reduzir a expansão da fronteira agrícola e abrir novas oportunidades de mercado.


Municípios do Noroeste lideram ranking


Mais da metade da área irrigada por pivôs centrais no Brasil está localizada nas bacias hidrográficas do Médio São Francisco, onde estão os polos municipais de Paracatu e Unaí, em Minas Gerais.

De acordo com os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (SNIRH), da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Paracatu lidera a lista com (79.943ha), Unaí-MG (72.758ha), seguidos de Cristalina-GO (65.686) São Desidério-BA (56.567) e Barreira- BA (48.243).


Irrigação e Sustentabilidade


Por outro lado, vale ressaltar que mesmo liderando essa lista, com as maiores áreas de pivôs centrais no Brasil, regiões como Paracatu e Unaí, são adaptadas para que contribuam com a conservação ambiental, priorizando a sustentabilidade e a proteção das áreas de reserva. Além disso, a irrigação traz benefícios para essas regiões como aumento da produtividade, redução da dependência do clima, entre outros fatores.



56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page