Entrevista: O inpEV - Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias.

Júnior do Carmo Brandão

Engenheiro Agrônomo Coordenador de Centrais inpEV


O inpEV - Instituto Nacional de processamento de Embalagens Vazias é

uma realidade experimentada pelos agricultores brasileiros desde 2002. Uma

entidade sem fins lucrativos criada por fabricantes de defensivos agrícolas com o

objetivo de promover a correta destinação das embalagens vazias de seus produtos.

Por meio do Sistema Campo Limpo, acontece toda a operacionalização da logística reversa das embalagens em todo o país. O Brasil registra, anualmente, números

positivos que eleva o país como referência mundial na logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. Sobre o funcionamento da unidade do inpEV e atuação dos produtores é o que falamos com Júnior do Carmo Brandão, engenheiro agrônomo e coordenador de centrais inpEV.


IrrigaNews: Como tem sido a adesão dos produtores rurais do Noroeste de Minas em relação ao descarte das embalagens de defensivos agrícolas?


Júnior: Todo produtor que faz uso de defensivos agrícolas tem a obrigação de devolver as embalagens Vazias nas Unidades de Recebimento do Sistema CampoLimpo, e na região Noroeste de MG possui grande adesão por parte dos produtores rurais. A Unidade de Recebimento de Unaí recebe embalagens de produtores rurais da região noroeste do Estado e ainda, de quatro Postos localizados em Paracatu, Buritis, Chapada Gaúcha e Formoso. Visando atender e facilitar a entrega das embalagens junto as Unidades, o sistema disponibiliza o agendamento eletrônico pelo endereço: www.inpev.org.br/agendamento para devolução das embalagens.


IrrigaNews: Qual o percentual de produtores rurais que não realizam ou realizaram a entrega ou que já apresentaram problemas em efetivar a entrega das embalagens de defensivos agrícolas?


Júnior: O inpEV não possui esse dados relacionados a este percentual. IrrigaNews: Quais os problemas que o produtor rural pode ter em não realizar as entregas das embalagens de defensivos na unidade do inpEV cadastrada na nota fiscal?


Júnior: O produtor tem um ano a partir da data da compra para realizar a devolução das embalagens vazias no local indicado na Nota Fiscal de compra, conforme disposto na Lei nº 9.974/00 e Decreto nº. 4.074/02.

Figura 01- Acondicionamento de embalagens não laváveis.


IrrigaNews: Quais são as dúvidas mais frequentes dos produtores rurais detectadas na unidade do inpEV localizada em Unaí/MG?


Júnior: A dúvida mais frequente é na forma do acondicionamento das embalagens para devolução, contudo, é disponibilizado no momento do agendamento essas orientações e, ainda, disponibilizamos materiais informativos com o passo a passo para sanar eventuais dúvidas.


IrrigaNews: As embalagens recebidas realmente têm demonstrado terem sido lavadas segundo o proposto na tríplice lavagem ou não?


Júnior: No momento da devolução das embalagens, colaboradores devidamente capacitados realizam a inspeção e classificação do tipo de material recebido, e, assim, verifica se está dentro dos padrões da qualidade e exigências legais. As embalagens passíveis de serem lavadas e em que cujas não ocorreu a tríplice lavagem é recebida, no entanto, é apontada no recibo de entrega que foi devolvida a quantidade de embalagens em desacordo com a Lei nº 9.974/00 e Decreto nº. 4.074/02.

Figura 02 - Inspeção visual e classificação do tipo de material no momento do recebimento de embalagens.


IrrigaNews: Quais são as maiores dificuldades detectadas por parte da unidade do inpEV no recebimento das embalagens de defensivos agrícolas em Unaí-MG?


Júnior: O inpEV busca orientar os produtores rurais como realizar corretamente as devoluções das embalagens, fornecendo orientações no DNCL (Dia Nacional do Campo Limpo), folders e ainda, no momento do agendamento são disponibilizadas as informações necessárias para devolução. Cabe ressaltar ainda que todo agendamento deve ser confirmado com aproximadamente 08 (oito) dias de antecedência no site, sendo que a não confirmação do agendamento faz com que este seja cancelado automaticamente.


IrrigaNews: Diante do cenário de pandemia, a rotina da unidade em Unaí-MG também foi alterada? Como está funcionando atualmente o agendamento e recebimento das embalagens?


Junior: O Brasil e o mundo ainda estão enfrentando as consequências da pandemia da COVID-19 e na Unidade de Recebimento ocorreu a redução das operações para 50% (cinquenta por cento) da capacidade, rodízio de colaboradores nas Unidades de Recebimento por aproximadamente 45 (quarenta e cinco) dias. Houve cancelamentos dos agendamentos das devoluções de embalagens, gerando acúmulo de agendamentos no sistema. No momento, a Unidade opera normalmente, adotadas as medidas de segurança que são revistas periodicamente e modificadas conforme a necessidade.


IrrigaNews: Havendo demora na agenda para entrega das embalagens na unidade do inpEV,

quais são as recomendações sugeridas pela unidade ao produtor rural?


Junior: Sugere-se realizar o agendamento na data disponível no site, diariamente acessar o site, pois há produtores que realizam agendamentos e por algum motivo (falta de embalagens, manutenção em caminhões, falta de confirmação do agendamento, dentre outros) a agenda é liberada automaticamente, sendo possível realizar o agendamento de entrega das embalagens.

Crédito imagens: inpEV Unaí-MG.

64 visualizações
zapzap-01.png

mensagem direta

R. Afonso Pena, 500, Sala 703
Centro, Unaí - MG, 38610-074

maps-01.png
linkedin-01.png
insta-01.png
face-01.png

©2020 IRRIGANOR

Criado por STUDIO DVÖS